segunda-feira, 20 de dezembro de 2010



Entro no quarto, fecho a porta. Ligo o som exatamente naquela musica, Na qual me faz pensar sobre tudo. Refletir a respeito de determinadas coisas, Entender tudo o que está confuso. Dentro de meu quarto sinto como se estivesse dentro de mim mesma, Aonde eu pudesse mandar e desmandar e ninguém falaria nada. Como se somente ali minha mente funcionasse como deveria.

Musicas.. a, o que seria de mim sem elas.
Muitas vezes me fazem rir sem parar,
Refletir sem medo e chorar quando precisa.
Me consola quando deve e me alegra se precisar.
Nós sempre precisamos de algo nos preenchendo,
Afinal, sozinhos somos pouco para nos manter de pé.

2 comentários:

Iorgama Porcely disse...

Assino em baixo!
O que seria de mim sem certas músicas também.
Beijos.

@Ritiellyg disse...

Rs, ha sempre uma música pra servir de trilha sonora; para servir no lugar de palavras; para servir de consolo. Sempre ha.