quinta-feira, 7 de julho de 2011

Acredite, eu sei como é tudo isso…

     'Eu sei como é se segurar e deixar para chorar só quando ligar o chuveiro, assim ninguém percebe. Eu sei como é refletir sobre a vida antes de dormir e se certificar de que ninguém está ouvindo para começar a soluçar. Eu sei como é sofrer tão dolorosamente que as vezes você precisa fingir que vai ao banheiro, ou beber água, apenas para lavar o rosto e se recompor. Eu sei como é ter os olhos úmidos e aquele medo de que não seja forte o suficiente para segurar as lágrimas quando está em público. Eu sei como é sentir aquele nó enorme na garganta, que te sufoca, até que você cede e chora. Eu sei como é sentar na cama, pegar o travesseiro e chorar tanto, mas tanto, que se surpreende com o rio que terá que esconder da sua família. Acredite, eu sei como é tudo isso…

4 comentários:

♥ Luciana Mira ♥ disse...

QUe lindas palavras! Pssando por um blog amigo, encontrei o seu. Gostei muito e estou seguindo. Beijos

Iorgama Porcely disse...

Eu também. Sei de todas as dores, de todas as lágrimas choradas em silêncio ou maquiadas por sorrisos, mas sei também do nascer do sol após cada tempestade.
Deus sempre nos surpreende nos momentos em que pensamos desistir.
Muito bonito teu texto.

sheila Nicássia disse...

Nossa vc sabe mesmo

eu paço por tudo isso e nesse momento que li me passou um filme pela cabeça de tudo e todos os momentos que passei e teve que fazer isso e suporta só unicamente só!

vc tocou-me profundamente...

Laiara Martins disse...

Nossa, amei o seu blog flor...
Tudo que eu sempre quis dizer...
Essas palavras são tudo o que tenho vivido ultimamente...
bjusss...
Seguirei ^^